segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Cheirinho de Yule no Ar...

Já sinto o cheirinho de Yule no Ar, nos envolvendo com a suave fragrância do Amor, da Paz e da Harmonia.
Que possamos alcançar sabedoria para sempre agir corretamente, que possamos reconhecer nossas fraquezas para aprendermos a perdoar, que possamos a cada dia nos tornar pessoas de espírito grande e evoluído e que a proteção dos Deuses estejam sobre as nossas vidas.
Que assim seja!
Gratidão!

Adeus Novembro! Vem Dezembro!

Chegou o final de novembro e mais um final de ano se aproxima...
Tenho muito o que agradecer, também tenho coisas a pedir... Porém também agradeço por ter estar sempre em busca de algo, pois é essa luta diária que dá sentido às nossas vidas. E se eu estou aqui, neste momento e, acima de tudo, agradecendo, é porque realmente o Universo conspirou a meu favor!
Ao Deus do meu coração e da minha compreensão a minha eterna gratidão por tudo!

Adeus Novembro!
Vem Dezembro!
Traga-nos um Feliz Yule!

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

θέλημα

"É comum que a Lei de Thelema seja compreendida, à primeira leitura, como uma licença para que se executem todos os desejos e caprichos que uma pessoa tenha, sem que haja responsabilidade ou consequências por seus atos. Contudo, esta filosofia prega justamente o oposto, partindo da ideia de que cada ser humano, por possuir livre arbítrio, é inteiramente responsável por sua existência e por suas ações, sem ser absolvido ou culpado por nenhum Deus ou Diabo no que tange o destino de sua própria vida. A liberdade de todo Homem e toda Mulher é, portanto, cultuada, uma vez que, como consta no Liber AL, "Todo homem e toda mulher é uma estrela". O resultado disso é um profundo respeito a si próprio, a cada indivíduo e a cada forma de vida como sendo expressões particulares do Divino."

domingo, 22 de novembro de 2015

A Força do Pensamento

É necessário que você saiba que existe uma força imensamente superior à eletricidade e à dinamite: a força do pensamento.  Quando  você  pensa  em  algum  amigo  ou  em  um  membro  da  família,  escapam  de  seu  cérebro ondas mentais; estas ondas são como as das emissoras de rádio e viajam através do espaço, chegando à mente daquela  pessoa  na  qual  estamos  pensando.  Os  cientistas  já  começam  a  fazer  experimento  com  a  força  do pensamento e, logo, inventarão o telementômetro, instrumento com que se poderá medir a força mental de qualquer pessoa. Emum futuro, a óptica avançará um pouco mais e, então, se inventará o fotomentômetro, instrumento que nos permitirá ver e medir a força mental que o cérebro humano irradia.
Você tem que saber que assim como o homem tem mente, assim também todo o Universo tem mente. Existem a mente humana e a mente cósmica. A Terra é a mente condensada. O Universo inteiro é mente condensada. As ondas da mente universal saturam o espaço infinito. O engenheiro que vai edificar uma casa, o primeiro que faz é realizar o projeto mental, quer dizer, a constrói na mente; depois, a projeta no plano e, por último, a cristaliza materialmente. Assim, toda coisa, toda construção existiu primeiro na mente. Não pode existir nada no mundo físico ou material em que vivemos sem antes ter existido no mundo da mente.



É necessário aprender a  concentrar e projetar  a  mente com precisão e  grande força. E necessário que você saiba que concentrar a mente é fixar sua atenção em uma só coisa. Quando você fixa a atenção mental em um amigo  distante,  quando  você  se  concentra  nesse  amigo,  pode  estar  certo  de  que  seu  cérebro  emite  ondas mentais  potentes  que,  inevitavelmente,  chegarão  ao  cérebro  de  seu  amigo.  O  importante  é  que  você  se concentre verdadeiramente. É necessário que nenhum outro pensamento seja capaz de distraí-lo. Você deve aprender a concentrar sua mente.
Você  está  fazendo  este  curso  e  cremos  que  quer  triunfar  na  vida  e  ter  saúde,  dinheiro  e  amor.  Reflita  um pouco… Aprenda a manusear a força do pensamento. Quem aprende a manejar a força do pensamento, vai com absoluta segurança ao triunfo, assim como a flecha chega ao alvo guiada pela mão do exímio arqueiro. Lembre-se de que o mundo é um produto da mente. Você é o que é pela mente. Você pode transformar-se totalmente, fazendo uso da força do pensamento. O pobre e miserável é assim porque quer ser assim; com a mente se sustenta pobre e miserável. O rico e poderoso é assim porque, com a mente, se fez assim. Cada um é o que quer ser com a força da mente. Cada um projeta no mundo da mente cósmica oque é e o que quer ser. Os projetos da mente se cristalizam fisicamente e, então, temos, na prática, uma vida rica ou miserável, feliz ou  desgraçada.  Tudo  depende  do  tipo  de  projetos  mentais  que  hão  cristalizado.  Assim  como  a  nuvem  se condensa  em  água  e  aágua,  em  gelo,  a  força  mental  também.  Primeiro  nuvens  (projetos),  depois  água (circunstâncias,  desenvolvimento  do  projeto)  e,  por  último,  o  gelo  duro  (o  projeto  convertido  em  fatos concretos). Se o projeto foi bem feito e com força suficiente, se os fatosou o desenvolvimento dos fatos e as circunstâncias foram maravilhosos, o resultado será a vitória.

A condensação perfeita do projeto é a vitória. Os fatores básicos para o triunfo de um projeto são três:
1º força mental.
2º circunstâncias favoráveis.
3º inteligência.

fonte: http://gnosisbrasil.com/artigos/a-forca-do-pensamento

vídeo sobre os zumbidos no ouvido e um ótimo exercício (glândula pineal)




Como despertar o chakra Frontal

O chacra frontal é um disco magnético do corpo astral, situado na região do entrecenho. Na cultura hindu recebe o nome sânscrito AJNA, sendo representado com duas pétalas e conhecido também como o “terceiro olho”.

O chakra frontal está relacionado à glândula pituitária. O bom funcionamento deste chacra proporciona saúde e equilíbrio mental, além de despertar o sentido da clarividência: A visão interior. Quem desperta este sentido poderá ver as realidades presentes em outras dimensões da natureza.

A chave para despertar este chacra está no Mantra I.

Como realizar este exercício:
– Feche os olhos, para facilitar a concentração.
– Relaxe o corpo. Concentre-se na região do entrecenho (na testa entre as sobrancelhas).
– Inale o ar pelo nariz.
– Comece a vocalizar a vogal I, alongando o som: IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII… até terminar o ar dos pulmões.
– Inale novamente e siga realizando este exercício por um bom tempo.



Esta vocalização pode ser feita verbalmente ou mentalmente através do pensamento, já que a palavra Mantra significa também “instrumento mental”.
Ao vocalizar por uma hora diária durante o período de um mês, já começará a obter os resultados desta prática. Assim terá a visão aberta para um novo mundo: O seu mundo interior.





fonte: http://gnosisbrasil.com/artigos/praticas/chakra-frontal

Chakras e As Capacidades Ocultas do Homem

Dentre a imensidão misteriosa que compõe um ser humano, encontram infinitas possibilidades, mais além daquilo que a ciência oficial materialista já pôde através de séculos de evolução constatar. Certamente tudo o que já sabemos sobre o funcionalismo de um organismo humano é motivo mais que suficiente para sentirmos uma grande expressão de assombro, e uma gratidão equivalente pelo engenho tão mágico empregado na construção desta magnífica expressão de vida!
O corpo humano, que é apenas uma diminuta expressão da infinitude que nos compõe, conta com recursos verdadeiramente impressionantes de auto-cura, regeneração, proteção, percepção, etc… por mais que se mergulhe na vastidão deste complexo humano, jamais se esgotam as surpreendentes descobertas acerca deste microcosmos infinito. Passar-se-iam séculos e milênios e mesmo com uma dedicação absoluta a ciência ainda estaria a descobrir…
“Nosce te Ipsum”, já diziam os antigos gregos exortando o homem ao auto conhecimento. Estamos muito mais próximos de descobrir os segredos de distantes galáxias do que de conhecer as possibilidades latentes em nosso própria constituição humana. Uma das maiores desventuras desta época dolorosa em que se encontra a humanidade em seu passo pela história, foi o terrível distanciamento do homem de si mesmo para submergir tristemente a consciência particular em tudo aquilo que se apresenta do “lado de fora”, nas diferentes cenas da vida cotidiana, e em tudo aquilo que criou os sistemas deste mundo para distrair o ser humano do verdadeiro sentido da existência.
Tristemente caminha o ser humano do berço à sepultura sem sequer vislumbrar que possui em seu interior tanta grandeza e magnitude. É sem dúvida o ser humano a criação mais excelsa da natureza e onde ela depositou as possibilidades mais incomensuráveis. Para o homem verdadeiro nada é impossível, já diziam os sábios. Está fora de cogitação que esta possa ser apenas uma frase de efeito, pois a história conheceu homens e mulheres certamente prodigiosos, capazes de realizar feitos mágicos e incompreensíveis. Recordamos neste momento aos contos à cerca de alguns santos do passado que eram vistos à flutuar metros e metros de altura cada vez que com grande mística se entregavam a oração. Rememoramos aqueles discípulos diretos do Buda que atravessavam montanhas de ponta à ponta, sem que houvesse nelas qualquer passagem no mundo físico. É magnífico saber que grandes profetas figuraram no cenário da humanidade e através do sentido da clarividência puderam prever acontecimentos importantíssimos da história. Não menos surpreendente é o fato contundente de que mais além das crenças ou ceticismos que possam pairar em nossa cabeça, há homens como um Dalai Lama, o grande líder espiritual do Tibet, que afirma recordar-se de todas as suas existências passadas.
Voltando o olhar neste momento ao simples e ao singelo, dos fatos mais corriqueiros da vida humana, como por exemplo aquela mãezinha que sabe por intuição quando seu filho corre perigo, ou está enfermo, daquelas pessoas muito psíquicas que sonham e seus sonhos se tornam muitas vezes fatos concretos, e tantos outros detalhes inexplicáveis para uma ciência embutida no materialismo, nos deparamos então com a verdade inconteste de que existem no ser humano capacidades psíquicas ocultas legadas pelos sentidos supra-sensoriais conhecidos em linguagem esotérica como Chacras.
A ciência esotérica nos permite conhecer por experiência direta a realidade destes discos ou rodas magnéticas contidos em nosso universo interior. O franco estado de degeneração em que lamentavelmente nos encontramos produziu o atrofiar destes sentidos ocultos maravilhosos, o que resultou matematicamente na perda das capacidades de ver, ouvir e tocar as realidades dos mundos supra-sensíveis ou dimensões ocultas da natureza, onde estão contidas as verdades cósmicas e os mistérios mais extraordinários da criação divina. “Há mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia”!
É indispensável saber que em todo o nosso corpo existem vórtices de energia ou chakras, mas que sete é o número mágico que organiza a orquestra da grande criação. Sete são os dias da semana, sete são as notas musicais, sete cores há no arco-iris, sete dimensões básicas há na criação e sete chakras pricipais tem o ser humano. Tais rodas magnéticas estão alinhadas com a coluna espinhal e possuem o assento físico em alguma glândula ou órgão de nosso corpo. De maneira que o girar explêndido de tais discos, resulta colaborando impreterivelmente com a saúde de todo o nosso organismo. Hoje por hoje podemos afirmar categoricamente que estes chakras no ser humano comum e corrente, que todavia não se colocou a exercitar, se encontram praticamente atrofiados, a exceção de pessoas que possuem lampejos destas tão apreciáveis capacidades psíquicas.



Despertar, desatrofiar, funcionar tais chakras é o magno desafio a que nos propomos para alcançar desta maneira a saúde e o desenvolvimento harmonioso das nossas infinitas possibilidades latentes. Este feito prodigioso é certamente possível mediante uma disciplina esotérica e psicológica diária, que nos recompensará com vibrações cada vez mais positivas e com estados de felicidade cada vez mais palpáveis. Os chakras são os sentidos que nos conecta às realidades das dimensões supra-sensíveis do hiper espaço, que traduzido à luz das escrituras sagradas de todos os tempos são os céus, os mundos superiores, ou mundos inefáveis.
Na lei de afinidade vibratória se encontra a grande chave para fazer girar a roda magnética. Da mesma maneira que ao fazer soar uma nota em um instrumento musical afinado com outro instrumento musical, observamos o ressoar naquele em que não tocamos a nota, apenas por afinidade vibracional.Desta forma, ao entoar deliciosamente os sagrados mantras com o poder mágico de nossa laringe criadora, faremos girar a roda ou chakra correspondente.
Concentre-se no entrecenho e vocalize o mantra I alongando (iiiiiiiiiiiii…) e com a insistência e perseverança daquele que jamais desiste de sua meta, pouco a pouco despertarás a capacidade de ver com clareza o ultra da natureza, as grandes realidades do universo e os fatos sublimes da criação. Clarividência é o nome deste sentido oculto situado na glândula Pineal.
Vocalizar o mantra E (eeeeeeee), em um estado de perfeito relaxamento e concentração, resultará no despertar do poder de síntese conceitual, e no desabrochar do ouvido mágico, o qual possuíam os grandes gênios da música como Beethoven, Mozart, Vivaldi, etc. Tal chakra mágico reside na Tireóide e Para-Tireóide.
Ao entoar a vogal O (oooooooo), ativamos os poderes sensíveis do cárdias, ou chakra do coração, que nos dá sensibilidade, inspiração e a magnifica intuição, que nos permite saber sem a necessidade de pensar, compreender sem o doloroso processo do raciocínio. Como dizia Albert Ainstein “Penso 99 vezes e não chego a resposta, paro de pensar e ela me chega”. Assim é a delicada intuição, um sentido de percepção interna, muito mais apurado que tudo aquilo que o intelecto vislumbra.
Todo o nosso sistema digestivo pode ser beneficiado de forma encantadora ao colocarmos em atividade o disco magnético do plexo solar, situado dois dedos acima do umbigo, também conhecido como chakra umbilical. U (uuuuuuu…) é o mantra que o desperta para a atividade. Aquele que ativa tal centro, adquire o dom da telepatia, e o domínio das emoções.
Através da dedicada vocalização do mantra A (aaaaaaa….) despertamos o chakra pulmonar, através do qual se pode rememorar as vidas passadas, e melhorar as condições deste orgão vital de nosso organismo.
Imitando ao mugido de um boi, vocalize-se diversas vezes o mantra M (mmmmmm….) para tirar da letargia ao chakra prostático/uterino. Além de uma exelente saúde em todo o sitema reprodutor, tal disco nos lega a capacidade de desdobrar em astral consciente.
Há ainda em nosso cóccix um chakra oculto que nos permite o domínio do corpo físico, o qual se ativa com o mantra S (ssssss…), cuja pronúncia imita ao sibilo da serpente.
Ser um praticante, sair do cruel labirinto das teorias e evidenciar por sí mesmos a realidade de todas as coisas é extraordinário, pois nos liberta da crença e do ceticismo que mantêm à humanidade nas trevas mais profundas da ignorância. “Conhecei a verdade e ela vos fará livres”, já diziam as escrituras sagradas. As ferramentas para o conhecimento profundo estão não fora nas rebuscadas criações humanas mas dentro, nas delicadas entranhas de nossa própria constituição particular. Os chakras são sentidos de natureza bastante sensível e delicada, por tal motivo é necessário mais além de uma disciplina diária de vocalização mantrica, também o constante cultivar das virtudes humanas. Pois com ataques de ira, cobiça, inveja, luxúria, ciumes e tantos sentimentos pesados de natureza infra-humana que desgraçadamente processamos, só o que conseguimos é danificar tais centros e prejudicar o seu harmônico desenvolvimento.
Assim que dentro de nós está o vasto universo de possibilidades infinitas, que sabiamente desenvolvidas e aproveitadas, nos conferem a genialidade, a inteligência mágica e a felicidade mais requintada do mundo espiritual. Praticai! Já dizia o grande médico e esoterista Huiracocha: “é melhor vocalizar uma hora diária do que ler uma biblioteca inteira de livros”. A prática nos conduz a experiência e a experiência no interior do homem virtuoso se converse em sabedoria.


fonte: http://gnosisbrasil.com/artigos/chakras-e-as-capacidades-ocultas-do-homem?gclid=CjwKEAiA7MWyBRDpi5TFqqmm6hMSJAD6GLeACsxxQixrY0MUaomn6jyiOoX9XGSsH7qmyINhjvA7txoCcFTw_wcB

Prazer, me chame de Lucëre Cardinaly...



Prazer, me chame de Lucëre Cardinaly.
Ainda pouco conhecida por este nome, porém venho de outros blogs, de longas datas, nos quais eu assinava (e fui conhecida) por Morphyna Nephilim.
O caminho mágicko, caminho este que ora o perseguir, ora sou perseguida por ele, sempre me despertou em mim uma infinidade de interesses e curiosidades...
A muitos anos, quando eu era ainda muito jovenzinha, me sentia perdida no meio dos mistérios que pouco a pouco me arrastavam para a escuridão do não ser e nada saber... o caminho obscuro dos iniciantes, de todos os neófitos...
E vivi diversas vezes perdida cada vez mais, eu sabia que pertencia àquele mundo misterioso, mas eu temia ser algo destruidor, assombroso e maléfico... Dai procurei me agarrar à luz e procurei todo o caminho inverso no qual as pessoas comuns denominam de "bem". Porém, lá no caminho do "bem", passei a termer o "mal" que eu percebi não ser uma escolha ou uma opção... pois ele habitava dentro de mim... mas um detalhe me ocorreu, um portal me foi aberto, e um mistério foi relevado: O bem e o mal não são distintos, são unidos pela linha do Todo. As polaridades são uma só, porém com suas faces opostas, nem melhor, nem pior, mas necessárias, assim como tudo no Universo (dia e noite, calor e frio, feminino e masculino, Deus e Deusa...).
Nem tudo é como inicialmente achamos que é... Nem tudo que os nossos olhos vêem são verdade, mas existem verdades que os nossos olhos não são capazes de ver, sem serem treinados...
Criei esta página para focar o lado místico da vida, do mundo e das leis que regem o Universo.
Certa vez li em um livro uma frase que me chamou bastante a atenção: "nem sempre, muita luz equivale ao Bem, assim como também, nem sempre, a escuridão equivale ao mal."
E por hora, encerro minha apresentação com esta reflexão.

Por que Guardiã dos Mistérios?
Guardo em mim todos os segredos que também existem dentro de você, basta preparar os olhos para os reconhecer e encontrá-los.

Lúcere Cardinaly